Buscar

Xiaomi estreia com SUV custando menos de 12 mil Euros

Do smartphone ao mercado automotivo: A chinesa queridinha pelos brasileiros acaba de anunciar um segmento inesperado. A marca que produz smartphones com bom custo x benefício entra agora na produção do Bestune T77 em uma parceria de sua subsidiaria, Redmi, com a FAW, fabricante automotiva de renome na China.


Jeep da China

Embora tudo indique que será exclusividade por lá, as especificações impressionam: são 4,53 m de comprimento, 2,70 m de entre-eixos e 1,85 m de largura, equipado com um motor 1.2 Turbo de 143 cv e 20,8 kgfm.

Segundo a revista Auto Esporte, o modelo na versão mais básica conta com câmbio manual de 6 marchas, enquanto nas demais, a cereja do bolo fica por conta das 7 marchas com embreagem dupla.


T77 conta com motor 1.2 Turbo a gasolina. SUV é maior que o Jeep Compass

Tecnologia em assistência

A empresa trouxe como trunfo uma assistente em holograma. Sim, a novidade é uma assistente reduzida e projetada em 3D no painel que vai avisar você sobre postos de combustíveis, revisões, GPS e o que mais for possível.

Além disso, o carro vai contar com faróis em LED, estacionamento autônomo, quadro de instrumentos digital e espelhamento de smartphone.


Preço de carro popular?

A proposta da chinesa talvez não tenha sido essa. Para efeito de comparação, o Jetta 1.6 no país em 2017 custava 12.000 dólares. O novo T77 inicia nos 13.520 dólares, trazendo ainda 6 airbags, controles de tração e estabilidade, alerta de colisão frontal, aviso de objeto em ponto cego e farol alto com facho automático.

Fica no ar a pergunta: será que dá pra comprar esse pelo AliExpress?


Gostou dessa matéria? Comenta aí o que você achou dessa novidade!

16 visualizações